Deus Sabe o que Você Precisa no Culto

De Livros e Sermões Bíblicos

Recursos relacionados
Mais Por Nick Roen
Índice de Autores
Mais Sobre Admiração
Índice de Tópicos
Recurso da Semana
Todas as semanas nós enviamos um novo recurso de autores como John Piper, R.C. Sproul, Mark Dever, e Charles Spurgeon. Inscreva-se aqui—Grátis. RSS.

Sobre esta tradução
English: God Knows What You Need in Worship

© Desiring God

Partilhar este
Nossa Missão
Esta tradução é publicada pelo Traduções do Evangelho, um ministério que existe on-line para pregar o Evangelho através de livros e artigos disponíveis gratuitamente para todas as nações e línguas.

Saber mais (English).
Como podes Ajudar
Se você fala Inglês bem, você pode ser voluntário conosco como tradutor.

Saber mais (English).

Por Nick Roen Sobre Admiração

Tradução por Magda Mendes

Review Você pode nos ajudar a melhorar por rever essa tradução para a precisão. Saber mais (English).


Eu adoro estar no meio da multidão.

Pode ser em um shopping, um show ou um evento esportivo, eu adoro pensar nas pessoas ao meu redor. Às vezes, eu paro e fico pensando em coisas como: “quem são eles? Qual é a história deles? Eles estão passando por qual momento agora?” O mero número de circunstâncias e histórias diversas é incrível para analisar. Cada alma é única, e, juntos, nós parecemos formar um tipo de tapeçaria coletiva de experiências humanas.

Milhares de Necessidades Diferentes

Orar em conjunto é parecido. Em qualquer domingo, há médicos e fazendeiros, jovens pais e avós vividos, estudantes solteiros e executivos casados. O corpo reunido de Cristo representa um leque incrível de experiências. Esperanças e sonhos diferentes, medos e inseguranças diferentes, lutas e tentações diferentes. Não há duas pessoas exatamente iguais nestes bancos da igreja.

E não há duas pessoas que estejam no mesmo lugar, espiritualmente falando. Há aqueles que estão voando nos altos picos das montanhas e os que estão caminhando penosamente nos vales mais fundos da vida. Alguns estão precisando de conforto vindo do Deus que nos faz deitar nos pastos verdes e nos restaura a alma (Salmo 23:2). Outros precisam ser condenados por seus pecados através de um Pai amoroso que disciplina aqueles que Ele ama (Hebreus 12:5–6). Alguns sentem bem profundamente o amor de Jesus. Outros estão lutando no momento em acreditar que Deus seja mesmo amor.

Um Corpo, Um Espírito

Considere, então, a maravilha do culto em conjunto. Nós nos reunimos toda semana – este mosaico multifacetado, chamado de o corpo de Cristo – e, de alguma forma, Deus nos encontra onde estamos. Cantamos as mesmas canções, recitamos os mesmos credos, rezamos as mesmas orações e nos sentamos sob as mesmas Escrituras – com tantas necessidades diferentes, o culto em conjunto pode parecer o lugar menos provável onde Deus nos poderia estender auxílio particular. Não precisamos de algo mais específico para o estado em que nossa alma se encontra? E, mesmo assim, Deus usa verdades comuns para cuidar de nossos corações variados, na forma exata em que cada um de nós precisa. Como isso é possível?

Toda semana, um milagre acontece. O Espírito de Deus que mora dentro de nós emprega a verdade da palavra de Deus aos corações de Seus filhos. Pela verdade da palavra de Deus, somos santificados (João 17:17), conformados mais e mais na imagem de Seu filho (Romanos 8:29). Ele toma a mesma verdade proclamada entre nós e a deposita em nossos corações de um jeito que somente Ele pode fazer.

Ele é nosso ajudante que nos faz lembrar a verdade de Cristo no momento exato em que mais precisamos (João 14:26). Afinal, Ele conhece nossos corações melhor do que nós mesmos (Jeremias 17:9–10) e o próprio Espírito nos ajuda em nossas fraquezas (Romanos 8:26). A graça de Deus opera em Sua igreja, ajudando-a a servir em Sua fortaleza para a glória do Cristo (Pedro 4:10–11).

Pleno com o Espírito

Deus trabalha através de seu Espírito de uma forma especial durante o culto coletivo, razão pela qual se juntar aos outros para cantar e louvar é tão importante. O apóstolo Paulo descreveu o canto em conjunto do povo de Deus como uma das principais formas pela qual o Espírito de Deus trabalha em nossos corações: “Não se embebede com o vinho, pois isso é depravação, mas esteja pleno com o Espírito” (Efésios 5:18). Não é para estarmos sob a influência do álcool, Paulo diz, mas, sim sob a influência do Espírito e sua obra em nossos corações.

Bem, o que isso significa? Como estamos plenos com o Espírito? Paulo diz, “Esteja pleno com o Espírito, dirigindo-se uns aos outros em salmos e hinos e canções espirituais, cantando e compondo melodia ao Senhor com seu coração” (Efésios 5:19).

Então, faz sentido que Deus nos visite repetidas vezes quando louvamos em conjunto. Nós cantamos canções e hinos repletos da verdade da palavra de Deus e, assim, somos banhados pela influência do Seu Espírito em nossos corações.

Trabalho impossível e necessário

Como pastor, eu sinto de forma bem acentuada nossa necessidade da obra do Espírito Santo. Afinal, sou apenas um homem e, assim, um pecador. Penso comigo mesmo, “não tem mesmo como eu esperar conseguir cuidar de cada necessidade individual representada por todas estas pessoas aqui na igreja. Eu nem saberia por onde começar”. Mas Deus sabe. Seu Espírito mora em cada fiel que se congrega todo domingo. Então, nós cantamos – para Deus e para todos – para que sejamos banhados por Sua influência e modificados por Sua verdade. Graças a Deus que este trabalho milagroso não esteja entregue nas mãos de meros homens!

Então, enquanto nos preparamos para o culto em conjunto, maravilhe-se novamente com o Espírito que mora dentro de você (2 Timóteo 1:14). Alegre-se, pois Deus sabe do que precisamos e ama dar bons presentes aos Seus filhos (Lucas 11:13). E, independentemente do que esteja acontecendo na sua vida, venha pronto para cantar com o povo de Deus, e assim talvez possamos ser agraciados com a obra do Espírito em nossos corações (Efésios 5:18–19).

Ele é fiel em nos encontrar, junto com Seu povo, bem aqui onde estamos.