E Toda a carne virá e adorará

De Livros e Sermões Bíblicos

Recursos relacionados
Mais Por John Piper
Índice de Autores
Mais Sobre O Céu eo Inferno
Índice de Tópicos
Recurso da Semana
Todas as semanas nós enviamos um novo recurso de autores como John Piper, R.C. Sproul, Mark Dever, e Charles Spurgeon. Inscreva-se aqui—Grátis. RSS.

Sobre esta tradução
English: All Flesh Will Come and Worship

© Desiring God

Partilhar este
Nossa Missão
Esta tradução é publicada pelo Traduções do Evangelho, um ministério que existe on-line para pregar o Evangelho através de livros e artigos disponíveis gratuitamente para todas as nações e línguas.

Saber mais (English).
Como podes Ajudar
Se você fala Inglês bem, você pode ser voluntário conosco como tradutor.

Saber mais (English).

Por John Piper Sobre O Céu eo Inferno
Uma Parte da série Taste & See

Tradução por Ruth Forzani

Review Você pode nos ajudar a melhorar por rever essa tradução para a precisão. Saber mais (English).


Exceto aqueles "de fora"

Uma meditação em Isaias 66:22 - 24

De vez em quando, nós vimos às passagens das escrituras que falam do trabalho de salvação de Deus em termos arrebatadores que nós queremos saber qual a relação da realidade da punição eterna. Ou seja, pode parecer que Deus prometa uma rendenção tão completa que não há espaço para um inferno. Estas passagens conduzem alguns à opinião do universalismo- que todos serão salvos, na morte ou após um tempo no inferno. Conduzem outros à opinião do annihilationism- que não todos serão salvos, mas que ninguém vai para o inferno no fim, porque estão fora da existência ao se revoltar ao encontro com Cristo.

Eu tentei dar extensivos biblicos argumentos contra ambas visões em Deixe as Nações serem Contentes (Baker, 2003, pp. 111-154). As testemunhas biblicas para os pobres miseraveis que conteram as testemunhas da natureza (Romanos 1:18-20) ou rejeitado as escrituras (2 Thessaloniseenses 1:8-9) são invioláveis.

Jesus nos dá uma das mais decisivas palavras em Mateus 25.46, “E estes irão embora para o punimento eterno, mas os corretos para a vida eterna”. E João, o apostolo do amor, nos dá uma das palavras mais fortes para a vida eterna no inferno em Apocalipse 14:11, “ E a fumaça dos tormentos deles continuará para todo o sempre [eis aiōnas aiōnōn], e eles não tem descanso, dia ou noite, estes seguidores da besta e de suas imagens, e quem quer receba a marca do nome dele”.

Todavia, é de grande ajuda encontrar uma passagem nas escrituras que nos esclarece como esse lado triste das verdades biblicas possam ficar ao lado das declarações de redenção de Deus. Considere um exemplo: Isaias 66:22-24. Primeiro aviso que Isaias diz (em versos 22-23) que o dia está vindo quando "toda carne virá adorar" a Deus.

E que os novos ceus e novas terra que eu faço deverá permanecer, diz o Senhor, então sua progênie e seu nome remanescerá. De lua nova a lua nova, e de Sabah a Sabah, toda a carne virá adorar, declara o Senhor.

Este é o tipo de pensamento que me deixa confuso sobre o punimento eterno. Se "toda a carne" adorará o Senhor, então quem não o adorará? Oh, como cuidadosos devemos ser quando lemos a Biblia! Devemos perguntar: Eu entendi completamente o que Isaias disse - e Deus também! – com o termo “toda a carne”? Soa como toda a vida humana, mas é? O proximo versiculo (24) nos atordoa.

E eles deverao ir fora e olhar os corpos mortos dos homens que se rebeliaram contra mim. Seus vermes não morrerão, seu fogo não será saciado, e serão ódio para toda a carne.

Imediatamente, nos somos levados de nossas ideias erradas sobre "toda a carne". Nos pensavamos que significava " que todos os humanos que existem no universo", but o Senhor diz, Não, ‘toda a carne" verá uma parte da raça humana em tormento por que se “ rebeliaram contra mim”. Todavia, “toda a carne” não inclui aqueles que estao olhando.

Eu menciono isto como um exemplo de como a Biblia as vezes fala sobre o trabalho de redenção de Deus. Deus esta fazendo um trabalho global – certamente, um trabalho universal – de redenção que estende para todas as raças e todas a pessoas e todas as tribos e todas as linguages e todas as classes e idade. Quando ele terminar seu trabalho de salvação, existira entao uma integralidade. Será uma nova humanidade com um segundo Adão como o chefe (1 Corintias 15:22,45). E aqueles que se rebelaram contra o trabalho de redenção de Cristo, ficará de fora de “tudo” isso.

Talvez, seja por isso porque Jesus falou tantas vezes para Isaias 66:24 quando nos advertiu sobre o inferno. Disse que esses que menosprezaram sua mensagem foram jogados no inferno "onde o fogo não é saciado" e molda em "escuridão exterior".

Se seus olhos lhe causam pecados, arranque-os. Ė melhor entrar no reino dos ceus com um olho do que com dois olhos no inferno, onde os vermes não morrem e o fogo não é saciado. ( Marcos, 9:47). Os filhos desse reino serão jogados na escuridão, ali haverá choro e ranger de dentes. (Mateus 8:12; cf. 22:13; 25:30).

Ningueé além de Jesus usa o termo " escuridão exterior". Este é o jeito de Jesus de dizer: Quando meu trabalho de redenção estiver completo, e o novo mundo estiver estabelecido (cf. paliggenesia, Mateus 19:28), A plenitude de "toda carne" estará aí—a nova humanidade como toda sua integralidade gloriosa em Cristo—e esses quem rejeitou o reino estará de "fora"? Eles não terão existência dentro do novo mundo. O choro e ranger de dentes deles estarão em outra dimensão da realidade. Todavia, eles não irão de qualquer maneira diminuir o sentido de integralidade e totalidade e plenitude dos novos céus e a nova terra onde tudo é luz e paz de alegria.

Quando eu terminei de ler e apontar essas coisas, eu orei: Senhor, garanta que eu sentirei a magnitude de meu pecado. Garanta que eu me sentirei indígno de sua graça. Conceda que tremerei com a verdade de inferno. Tira-me de todos os pensamentos arrogantes, toda perícia de me exaltando, todas preocupações banais, todo envolvimento com pessoas que se divertem com seu púlpito sagrado. Abra os meus olhos e o meu coração paa ver e sentir a maravilha da graça da salvação e da infinita preciosidade de Cristo e sua obediência guiada com amor, até mesmo a morte na cruz.Obrigado Pai. Obrigado. A qualquer custo me faça um instrumento de sua grande salvação. Em nome de Jesus, Amem.

Em posição segura perto do precipício,

Pastor John.